Núcleo de Geotecnologias da Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Newsletter Inscreva-se e receba nosso informativo semanal em seu e-mail:
Respeitamos sua privacidade! Nunca enviamos SPAM.

Últimos Dias de Inscrições do curso Sistemas de Informações Geográficas com ArcMap

O Núcleo de Geotecnologias da UERJ - Sistema Labgis - oferece uma turma nova do curso Sistemas de Informações Geográficas com ArcMap. É uma turma presencial. As inscrições estão terminando, confira datas e outras informações nesse (link)!

Sistemas de Informações Geográficas com ArcMap - Turma Presencial

Sistemas de Informações Geográficas com ArcMap

Apresentar o estado da arte sobre os aspectos técnicos, tecnológicos e sociais do uso dos Sistemas de Informações Geográficas (SIG) nas sociedades modernas, pautando também na utilização da ferramenta ArcMap da empresa ESRI para criar, analisar e publicar dados geográficos tão bem como promover conhecimento e inteligência geográfica por meio das ferramentas do SIG. Ao final do curso o aluno estará apto a produzir e publicar dados geográficos, identificar fontes de dados, realizar manipulações e análises de dados, criar visualizações e mídias cartográficas estáticas e interativas, conhecer e determinar padrões técnicos de produção e qualidade de dados geográficos. Todas essas são habilidades importantes para aqueles que almejam se apropriar de ferramentas que permitem uma produção de conteúdos enriquecidos por um melhor conhecimento sobre o espaço geográfico que vivemos.

Programa de aula

1) Dados, Inteligência e Decisão

Conceito:

• Dado, informação e contextos sociais.
• Por uma linguagem cartográfica.
• Transformação Digital e o impacto nas sociedades.
• O poder da informação – e ação – geográfica.

Prática:

• Explorando fontes de dados geográficos.
• Consumindo dados geográficos em arquivos locais e direto da nuvem.
• Introdução ao ambiente do GIS e WebGIS.
• Camadas, projetos e dados geográficos.
• Discutindo a representação do território e de seu objeto de estudo.

2) Em ação com Dados Geográficos

Conceito:

• Formatos de arquivos e banco de dados geográficos.
• Extração, transformação e carga.
• Qualidade de dados geográficos.
• Conceitos básicos sobre datum e projeção cartográfica.
• Processando tabela de atributos.
• Vetorização.

Prática:

• Exemplificando diferenças entre o dado produzido e demandado pelo usuário.
• Edição de tabela de atributos.
• Vetorização de dados geográficos a partir de mapas base e imagens de satélite.
• Geocodificação de endereços.
• Transformações de datum e projeção cartográfica de acordo com a legislação brasileira.

3) Geovisualização e Cartografia Temática

Conceito:

• SIG como uma mídia: comunicação do conhecimento geográfico.
• A mídia mapa, a mídia globo e outras mídias.
• Como e porque apresentar dados geográficos.
• Semiologia gráfica: Bertin, Brewer e mais.
• Mapas interativos, dinâmicos e colaborativos.
• Exercitando nossa criatividade.

Prática:

• Principais tipos de apresentações estáticas 2D e 3D: símbolos e rótulos.
• Criando a simbologia adequada ao seu objetivo da apresentação dos dados geográficos.
• Explorando exemplos e criando apresentações interativas, dinâmicas e colaborativas.

4) Saída e Publicação

Conceito:

• Documentação e metadados da produção de dados geográficos.
• Layouts estáticos de mapas.
• Layouts dinâmicos de mapas.
• Serviços de Mapas – compartilhando dados na Web.
• WebGIS – criando apresentações interativas na nuvem

Prática:

• Exemplos de documentações de base de dados geográficos
• Criação de layout de mapa (escala, legenda, grade, ...)
• Publicação e consumo de serviços de mapas
• Publicação de dados geográficos e serviços de mapas em um WebGIS

5) Introdução à Análise Espacial

Conceito:

• A arte de encontrar padrões
• Conceituação, modelagem, metodologia e validação de análises espaciais
•As principais técnicas de análise

Prática:

• Ferramentas de geoprocessamento (buffer, clip, intersect, ...)
• Estudos de casos sobre a modelagem de análise
• Aplicação da técnica de análise booleana
• Debate sobre validação de análises espaciais

6) Padrões e especificações

Conceito:

• O desafio sóciotécnico das Infraestruturas de Dados Espaciais
• Discutindo padrões ISO 19157 e Especificação Técnica para Estruturação de Dados Geoespaciais Vetoriais (ET-EDGV)
• Os padrões técnicos WMS e WFS da Open Geospatial Consortium (OGC)

Prática:

• A Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais brasileira
• Perfil de Metadados Geoespaciais do Brasil e padrão ISO 19115
• E a sua Infraestrutura de Dados Espaciais?

Sobre o professor

José Augusto Sapienza Ramos - Coordenador acadêmico do Sistema Labgis/UERJ, atua em pesquisa, ensino e consultoria em Geotecnologias desde 2000. Graduado em Ciência da Computação pela Univ. Federal Fluminese, mestre em Ciência e Sistemas de Informações Geográficas pela Univ. de Salzburgo (Áustria) e mestre e doutorando em Eng. de Sistemas e Computação pela Univ. Federal do Rio de Janeiro, atua no campo de Análise Espacial, Geomarketing, Banco de Dados Geográficos, Desenvolvimento de Sistemas, Infraestrutura de Dados Espaciais e Modelagem Computacional. Participou de diferentes projetos na área e publicou artigos em periódicos nacionais e internacionais de expressão.

Confira mais sobre o curso de Sistemas de Informações Geográficas com ArcMap
VER MAIS NOTÍCIAS
X
Quer receber
nossos informativos
sobre Geotecnologias?
>> Clique aqui <<